I’m on a boat motherfucker!

20/05/2009

Bastante coisa me fez feliz em 2009 até agora, mas nada me fez rir tanto quanto os queridões do The Lonely Island. Cantando sobre ejaculação precoce e passeios de barco, eles estiveram presentes em grande parte dos meus felizes dias até então, e é isso que quero dividir com vocês amigos, no meu primeiro e último post oficial pro blog da Rinha.

Akiva Schaffer, Jorma Taccone e Andy Samberg formam o trio americano chamado The Lonely Island. Gozadões desde os tempos de colégio ficaram famosos na rede fazendo filminhos engraçados, e então famosos no mundo Estados Unidos quando foram milagrosamente (thanks Jesus!) descobertos por Lorne Michaels, do Saturday Night Live. Passaram então a fazer quadros para o programa e de repente KABOOOM! caíram nas graças do resto da galera.

Em agosto de 2007 o trio apareceu em seu primeiro longa-metragem, Hot Rod, escrito anos antes por Will Farrell, meu eterno Ron Burgundy. Eu mijei de rir com o filme, mas não o suficiente pra fazer dele um sucesso u.u (sorry Jesus!)

Mas o fracasso nas bilheterias não desanimou nossos heróis. Na verdade, o sucesso foi só crescendo, e acabou chamando a atenção de GRANDES NOMES como Justin Timberlake, Natalie Portman, T-Pain, Jack Black e até mesmo Julian Casablancas, do Strokes, e em fevereiro desse ano lançaram a obra-prima da música mundial, seu primeiro CD, Incredibad, com algumas músicas gravadas durante os anos de SNL e outras inéditas.

Com batidões pra detonar qualquer balada e letras de fazer rolar de rir eles chegaram até a minha pessoa através do amigo Bryan, e desde então não param de tocar. O maior sucesso é a música que dá título ao post, I’m on a Boat, que tem a participação do rapper T-Pain, e vocês assistem aqui em baixo:

Outro sucesso é Jizz In My Pants, que tem a participação do Justin dançando no mercado, e é sucesso entre o pessoal que se identifica com o problema:

Nossa musa Natalie Portman, na época que estava meio carequinha por causa das gravações do filme V de Vingança, resolveu abrir o jogo e contar o que se passa naquela cabecinha brilhante:

No canal do YouTube dá pra conferir quase todos os vídeos dos caras. Quem for acessar dê preferência pra Like a Boss e We Like Sportz xD

Quanto as novidades, esse ano o Andy vai ser o host do MTV Movie Awards, e já estão rolando na internet algumas vinhetas gravadas pro programa que vai ao ar, ao vivasso, no dia 31 de maio. E, para comemorar o dia das mães, The Lonely Island e Justin Timberlake gravaram a música Mother Lover, que você também confere abaixo. Divirtam-se! Tchau!

dox – Equipe Internet
Continue lendo »

Stefhany, Leva Eu!

01/05/2009

O post de hoje é pra se apaixonar. Pois ela é linda. Ela é absoluta. Ela é Stefhany!

Absoluta!

Absoluta!

Pra quem não conhece, Stefhany é a musa do nordeste que já conquistou mais de 1 milhão de fãs através de seus vídeos no YouTube e participações no Domingo Legal!

Em uma trama mais enrolada do que novela mexicana, a carreira de Stefhany foi bastante conturbada. Ofuscada pelo sucesso de sua mãe, Naty, Stefhany sempre esteve em segundo plano como backing vocal nos shows de forró de Tonivan dos Teclados, até que certo tempo depois, foi dispensada pelo cantor.

Após este acontecimento fatídico, a mãe de Stefhany ficou sensibilizada com a depressão e a greve de fome de dois dias da cantora e, acreditando no potencial da filha, decidiu investir na sua carreira solo. A partir dali, Stefhany conquistou o coração de inúmeros fãs Brasil afora com seus dotes musicais e bailarinos.

Porém, algo muito peculiar faz de Stefhany a cantora que é: suas maravilhosas produções. Seus vídeo-clipes são sensacionais, apesar de serem um tanto quanto baseados em outras produções de cantoras com absolutamente menos talento que a piauiense: Say It Right (de Nelly Furtado) e Don’t Tell Me (de Avril Lavigne) são pra se apaixonar!

Antenadas no sucesso da moça, as grandes empresas já pegam carona no seu sucesso. Nada supera a ação de merchandising feita pela Volkswagen para se inserir no universo desta estrela. Logo abaixo vocês conferem o maior sucesso da cantora, que dispensa comentários:

Continue lendo »


Bob Marley

29/04/2009

Bob Marley foi o que muitos podem chamar de “o primeiro pop star do terceiro mundo”. O jamaicano foi o responsável por difundir nos anos 70 o som do reggae pelo planeta, tratando dos pobres e oprimidos em suas letras e músicas cheias de paixão.

Bob Marley
Don’t Worry About a Thing!

Marley era adepto da religião Rastafári, originada na Jamaica em meados da década de 30, proclamando um imperador da Etiópia como representação de Deus na Terra. Muitas de suas canções foram fortemente influenciadas por estes ensinamentos religiosos, bem como a prática do livre uso da maconha para intuitos pacifistas.

Bob Marley ainda hoje é considerado um ícone da música – tão forte como Elvis Presley e Jhonn Lenon – e sua figura continua viva entre seus fãs. Sua grande fama no cenário musical se deu por trazer uma grande novidade na década de 70 – o reaggae -, época em que não havia nenhuma inovação musical, repetindo-se nas canções sempre os estilos já conhecidos. 

Bandas como UB40, Cidade Negra e Paralamas do Sucesso, no Brasil, estão entre algumas das que foram influenciadas pelo som do jamaicano. Bob não trouxe ao mundo apenas as mais de 50 espécies de piolho encontradas no seu rasta após sua morte, mas também um novo ritmo e as palavras de amor vindas da Jamaica.

Curiosidades:

– Aos 6 anos de idade, Bob Marley lia mãos em praça pública para ganhar dinheiro. Além disso, ele dizia que costumava ver espíritos o tempo todo.

– O anel que Bob usava foi dado a ele em uma audiência em Londres. Este anel pertenceu ao próprio Imperador Jah Ras Tafari, o imperador da Etiópia que inspirou a religião.

– A causa da morte do cantor foi um câncer que se originou no dedão do pé após um machucado em um jogo de futebol. Marley recusou-se a retirá-lo devido aos princípios rasta (que dizem que os médicos são homens que enganam os ingênuos fingindo ter o poder de curar) e a doença se espalhou pelo seu corpo.

– Quando Bob estava com câncer, seus Dreadlocks caíram e foram guardados. Após sua morte, para seu funeral, eles foram grudados em sua cabeça novamente para que todos o vissem pela última vez como sempre foi visto. Junto com ele foram enterrados sua guitarra Gibson Les Paul e uma bíblia.

– Após nove anos de sua morte, em 1990, o dia 6 de feveireiro, dia em que Bob nasceu, foi proclamado feriado nacional na Jamaica.

 

E aqui vai uma de suas músicas mais famosas!
Sintam todo o seu Reggae Power ;)

Continue lendo »


Todas as Solteiras

19/04/2009

Canta, dança , interpreta e sapateia (tudo ao mesmo tempo e muito bem, diga-se de passagem). Beyoncé Knowles é uma das divas do mundo pop atual. Começou sua carreira no grupo vocal Destiny’s Child, com o qual ganhou três prêmios Grammy e outros 7 em carreira solo. Suas músicas misturam R&B, funk e soul: às vezes românticas, às vezes animadinhas, saltitantes, serelepes e dançantes, estão sempre falando da vida das mulheres solteiras ou que sofrem por amor.

O que mais chama a atenção em Beyoncé não é sua beleza (tá, beleza ajuda muito) mas sim sua voz, que tem um timbre denominado mezzo-soprano dramático (hã?) – é aquele tipo de voz que arrepia todos os cabelinhos do braço.

O mais legal é que toda essa potência vocal poderá ser vista aqui no Brasil, já que está agendada uma visitinha em junho deste ano.

Agora sua última façanha foi com o clip da música que dá nome a este post: Single Ladies. Este vídeo foi visto 51.913.441 no YouTube. E se você digitar o nome da música lá, verá quantas pessoas tentam imitar essa coreografia frenética e, acredito eu, impossível de imitar para mortais. Crianças, adultos e adolescentes se divertem tentando.

Um exemplo bem fofinho é a não menos fofinha Arianna. Todos conseguem perceber que ela está realmente tentando, né?

Mas quem realmente tem o sangue louco e coordenado da Beyoncé são esses meninos aqui. Juro, não sei como não se quebram de tanto rebolar!

Voltando a falar da voz dela, assista o último vídeo e deixe seu comentário dizendo que não é de arrepiar os pelinhos do braço. Du-vi-do!

Téssia Mendes – Equipe Internet

Fontes:
http://gostei.abril.com.br/frame/index/single-ladies-beyonce-clipe
http://musica.terra.com.br/interna/0,,OI484062-EI1267,00.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Beyonc%C3%A9_Knowles


Bon Jovi na linha do tempo

17/04/2009

Jon Bon Jovi

O tempo até que foi bastante generoso com Jon Bon Jovi, não é?! Aos 47 anos, o cantor está inteiraço – ao contrário de outros à beira dos 50 – e continua arrancando suspiros ao redor do mundo. Mas isso não significa que Jon ainda não sinta o peso da idade: sua maior preocupação é o cabelo. A notícia pode até parecer engraçada para quem lembra daquela juba que o cantor exibia nos gloriosos anos 80, mas John diz já tomar providências para não ficar careca.

Com ou sem cabelo, a verdade é ele continua um ícone da música mundial e merece uma retrospectiva dos visuais (ponto para os cabelos!) que o acompanharam durante a carreira.

Poser Wild Hair Style

Poser wild hair style

A sorte dele era que, além da voz, tinha um rostinho bem bonitinho. Só isso o salvava desse estilo brechó-de-estrela-gay-dos-anos-70.

Poser Clean Wild Hair Style

Poser clean wild hair style

De 83 a 88, Jon conseguiu comprar roupas um pouco mais ajeitadinhas, embora não tivesse a intenção de passar a tesoura na juba, que, a essa altura, já havia virado marca registrada. A grana pra essa repaginada no visual veio de megaconcertos, música em propaganda de cigarros Hollywood, além de tema de filmes.

Poser Clean Cowboy

Poser clean cowboy

No auge da carreira, a banda fez uma big turnê e decidiu parar. Nesse meio tempo, em 1991, Jon fez a trilha de Jovem Demais Para Morrer e adotou esse visual cowboy – com direito a colete sem camisa, chapéu de vaqueiro e um olhar prá lá de sexy.

Enfim, o clean total

Enfim, o clean total

Depois daquela parada estratégica, a banda voltou com todo o gás em 1992. Jon e os demais integrantes – com exceção de David Bryan – cortaram a juba, o que acabou refletindo num trabalho também menos pesado.

Jon, a moda e os 2000’s

Jon, a moda e os 2000’s

Nesta época John fez editoriais para várias revistas de moda mostrando esse seu lado comportadinho. Educado, romântico, contra as drogas, pai de família e casado há muitos anos com a mesma mulher, Jon também foi alvo fácil para contratos polpudos com grandes marcas, como a Versace – talvez por isso agora tenha tanta grana para investir nas suas madeixas!

Bem, espero que esse cheiro de naftalina inspire alguma equipe “Bon Jovi” para o Rock in Rinha!

Fonte: http://hitnarede.com/2009/03/ode-ao-aniversariante-do-dia-os-visuais-de-jon-bon-jovi-que-chegou-inteiraco-aos-47-anos-de-idade/


Britney Spears

16/04/2009

Britney Spears é considerada por muitos a princesinha do pop mundial. Adorada freneticamente por muitos, odiada profundamente por outros, a moça de 27 anos já vendeu mais de 220 milhões discos, somando os lançamentos de toda a sua carreira. Esses números significam que ela é, nada mais nada menos que a oitava cantora que mais vendeu álbuns na história nos Estados Unidos e a 55ª artista que mais vendeu álbuns no mundo. It’s Britney Bitch!

Hit Me Baby One More Time!
Hit Me Baby One More Time!

Sua trajetória musical não precisa de descrição, já que suas músicas tocavam insistentemente em todas as rádios, canais de televisão e na internet, não é? Mas os fatos polêmicos de sua vida é algo que nos interessa: e algo de que a cantora ainda está tentando se recuperar.

Seus problemas começaram no início de 2004, após o lançamento do seu último grande hit, Toxic. Britney se casou com Jason Allen Alexander, em um casamento que durou apenas 55 horas. Ele alegou que ela não tinha coerência em seus atos, que ela era meio pirada mesmo. Depois de um tempo, Britney conheceu o rapper Kevin Federline, onde teve seu primeiro filho e anunciou que daria um tempo na carreira para cuidar da família. Nesta época, sua carreira musical foi marcada com o lançamento de diversas compilações de seus sucessos e álbuns inteiros contendo remixes de suas músicas.

Mas o grande problema veio com seu segundo filho. Há controvérsias sobre o motivo verdadeiro, mas após dar a luz, os problemas envolvendo a mídia e seus problemas pessoais começaram. Foi em 2007 que ela se atirou em baladas sem calcinha, raspou a cabeça em um acesso de loucura, atacou o carro de paparazzis com um guarda-chuva, deixou seus filhos cair no chão, roubou perucas de lojas de moda e se internou em uma clínica de reabilitação por diversas vezes. Sua vida pessoal virou uma grande novela, sempre iluminada pelos holofotes da mídia mundial.

Mas no final de 2007, Britney voltou à cena musical supostamente renovada e mais gordinha do que nunca. Depois de se dizer recuperada, ela lançou seu novo álbum inédito, Blackout, após 4 anos sem músicas novas. Gimme More e Piece of Me se tornaram um grande sucesso ao redor do globo.

Hoje Britney tenta voltar à posição que ocupava em 2003, e já adotou uma postura bastante conservadora para se proteger e evitar que os seus problemas pessoais caiam na boca do povo novamente. Mas as palavras finais deste post eu dedico ao povo que sempre esteve ao lado da loira: seus fãs!

A legião de fãs que Britney Spears possui é incrível. Adolescentes fanáticos e não tão másculos assim adoram a mulher a ponto de fazerem de suas músicas a inspiração de suas vidas. Não sei explicar com palavras, acho que nossos amigos Valmir e Josy falam muito mais do que qualquer texto:

E claro, não podia faltar o mais famoso brinteyfag de todos. Veja na sequência!

Continue lendo »


Lady GaGa

05/04/2009

Se você curte pop e tem pleno orgulho disso, com certeza já conhece essa cantora. Stefani Joanne Germanotta, mais conhecida como Lady GaGa, estourou nas paradas americanas no ano passado e já conquistou seu espaço no disputado mercado musical. A garota de 23 anos adora sexo e luxo, bebe até cair nas baladas e ainda faz música sobre isso. Misturando o pop com techno, a cantora cria um som diferente que aliado às suas performances psicodélicas e cheias de conotações sexuais, abordam o pop de maneira diferente. Ela é vulgar, fútil e provocativa – e não tem vergonha de esconder nada disso. She’s a bitch aloud baby!

Lady GaGa

Lady GaGa

Curiosidades:

  • Stefani costumava esperar na porta de entrada do executivo da sua primeira gravadora com a esperança de ser chamada para uma audição. Ela nunca conseguiu, mas foi contratada após seu atual chefe escutá-la sem querer cantarolando nos corredores próximos ao escritório.
  • Lady GaGa sempre dava famosas festas de Trash Dance em Nova Iorque junto de sua amiga, Lady StarLight, onde todos se produziam em trajes espalhafatosos retrôs para dançar música eletrônica.
  • A origem do nome Lady GaGa veio das fortes influências musicais da cantora: artistas como David Bowie e Queen. Lady GaGa foi inspirado da canção do Queen, “Radio Ga-Ga”.
  • Em atitude parecida aos fãs do rock, Lady GaGa sempre defende frenéticamente em entrevistas e conversas públicas a Pop Music. Ela mesma se diz muito fashion e que isso é tudo na vida dela.
  • GaGa também se diz fã assídua da Versace, e muito do seu trabalho é inspirado em sua musa, Donatella Versace. Alguns jornais americanos, inclusive, consideram que ela poderia ser o clone da perua: alguns dos gostos de Lady GaGa em tomar champagne e gostar de homens de sunga banhados em óleo é coisa da Donatella, diz o LA Times.
  • Lady GaGa tem sua própria equipe de personalidades da moda que cuida do seu cabelo, roupa, maquiagem e produção de palco. Ela chama essa equipe de “Haus of GaGa”, e muitas das suas roupas estão disponíveis para venda.

Continue lendo »